Escola

Mensagem do Presidente

Os recursos humanos de um País são um fator diferenciador nesta sociedade global à qual Portugal pertence.
A EPN – Escola Profissional da NERVIR está empenhada em contribuir de forma decisiva para a valorização e capacitação profissional dos jovens da região de Trás-os-Montes e Alto Douro.
Ao longo dos últimos 28 anos, assim o fez e acredita que com a ajuda e apoio de todas as entidades intervenientes neste processo, continuará perseguindo os objetivos que a orientam.
A EPN, sendo propriedade duma Associação Empresarial, conhece com rigor as valências exigidas localmente, aos jovens que se iniciam hoje no mundo do trabalho e por essa razão, defende a sua autonomia na seleção dos cursos considerados oportunos e necessários às reais necessidades das empresas desta Região.

Conta com o apoio dos alunos, dos pais, dos professores, dos colaboradores e das Instituições para a prossecução do seu objetivo.

Cumprimentos,

Eng.º José Marinho de Magalhães Correia

História

Escola Profissional da NERVIR, foi criada por contrato programa em 16 de Outubro de 1991, celebrado entre o Estado Português (representado pelo antigo G.E.T.A.P) e Associação Empresarial – NERVIR, na época Núcleo Empresarial, representada pelo seu Presidente de então, Zeferino Boal.

A Associação Empresarial – NERVIR, com um espírito dinâmico e inovador, sempre atenta às carências e necessidades de acompanhamento e desenvolvimento das suas empresas e da região em geral, inventariou e analisou essas mesmas necessidades e pode definir com mais rigor quais as prioridades ao nível de formação de quadros intermédias.

Sendo assim, em 1991, a E.P.N. iniciou a sua atividade com os dois primeiros cursos profissionais, cuja frequência era um total de 35 alunos:

  • Técnico de Comunicação/Marketing, Relações Públicas e Publicidade com um total de 17 alunos;
  • Técnico de Contabilidade com os restantes 18 alunos;

Numa perspectiva de alargamento e desenvolvimento, em 1993, já existiam em funcionamento além dos iniciais, os cursos de:

  • Técnico de Serviços Comercias;
  • Técnico de Turismo/Profissionais de Informação Turística.

Neste mesmo ano, funcionaram ainda, os cursos de Secretariado Internacional e o de Aprovisionamento e Gestão de Stocks, com a duração de 12 meses, em regime diurno, para alunos com o 12º ano e ainda o curso de Design em regime noturno.

Com os presentes cursos, a Escola Profissional da NERVIR teve como principal objetivo formar técnicos qualificados capazes não só de ingressar no mercado trabalho, mas também fazer face a futuras modificações que este viesse sofrer.

A formação proporcionada tinha como objetivo formar técnicos qualificados, trabalhadores autónomos, intervenientes e cidadãos ativos.

O processo de formação preconizado pela escola é um processo global que integra quer a dimensão instrumental/cognitiva quer a dimensão comportamental. Pretende-se desta forma construir um modelo humanista de educação e formação, em que a escola esteja estreitamente ligada, quer à comunidade quer ao mundo do trabalho.

A formação da EPN procurou sempre, atender às realidades sociais, culturais e de trabalho, às necessidades de formação local e regional, à inserção dos projetos a desenvolver pelos alunos na comunidade, para isso é necessário manter relações entre a escola e a comunidade por um lado e o sistema social e político por outro.

Orgãos – Comissão Executiva
Eng. José Marinho de Magalhães Correia
Presidente
Eng. Emanuel José Sousa Camilo
Vice-Presidente
Lic. Carlos Alberto Costa Almeida
Diretor-Pedagógico
Instalações